quinta-feira

A Mentira, o Vinho e o Diabo...continuando a história...


A pedidos vamos contar o resto da história, mas...antes, umas sugestões que acredito possam ser bem estimulantes :

Que tal pararmos exatamente aqui onde parei, e pedir para a garotada imaginar e contar/escrever/desenhar/pintar/dramatizar, ou -se utilizando de qualquer outra forma de linguagem - criar um final para a história ?
Vamos lá:..

Cada participante-ouvinte ( individualmente , em dupla ou trio) pode ir para um lugar mais reservado e escreve como imagina(m) que a história se desenrola até o desfecho, em segredo.


Em seguida todos se reunem e trocam os papéis entre si , e passa-se à leitura de cada "solução" encontrada. O grupo todo elege a versão que mais agradou ( pode ser também a mais engraçada, a mais fantástica-absurda, a mais tenebrosa, a mais triste, etc...).
Só depois disso apresenta-se a versão original, e é feita uma "discussão-avaliação" pelo grupo.
Se o exercício foi escrito, pode-se "publicar e ilustrar" cada conto com suas diferentes versões.
Pode-se também fazer uma apresentação utilizando dramatização, mímica, paródias, etc...num sarau para outras turmas ou num evento literário.

Bem, são apenas idéias ... ou...provocações ...!

Mas vamos ao final da História !


A Maldição concordou. As duas deram-se as mãos e foram até a arca . Noé, vendo-as juntas liberou a entrada.


Quando o dilúvio terminou, a Mentira e a Maldição pisaram novamente na Terra. E a partir daquele momento, nunca mais se separaram.


Diz um antigo provérbio: "O que a mentira plantou, a maldição armazena."


Depois que todos os animais desceram da arca, Noé começou a planejar sua nova vida. Suas mãos estavam inquietas, ele queria plantar logo a terra. A Primeira espécie escolhida foi a vinha.


Assim que iniciou a palntação, o Diabo aproximou-se:


-O que você está plantando meu velho ?


-Uma vinha - respondeu Noé.


-E por que uma vinha ? - perguntou o Diabo.


Com a felicidade estampada no rosto, por estar novamente em tera firma, Noé respondeu:


-A vinha dará frutas deliciosas, doces.Os homens comerão as uvas maduras e frescas ou secas e açucaradas. Além disso, o suco tirado delas alegrará o coração de todos.


-E qual será o nome deste suco ?


- Vinho.


-Noé, posso ajudá-lo na plantação destas frutas ? - disse o Diabo, com um sorriso atrevido.


- Está bem. Você será o responsável por regar a terra.


O Diabo afastou-se, capturou quatro animais : cordeiro, leão macaco e porco, e iniciou sua plantação. Quando terminou de fazer o buraco na terra onde plantaria a vinha, o Diabo matou todos animais capturados. O sangue deles foi derramado sobre a vinha. O Diabo observou como a planta sugava com força aquele líquido vermelho.


E é por causa desta traquinagem do Diabo que os homens, ao beberem um copo de vinho, ficam serenos, calmos como carneiros.


Depois do segundo copo, transformam-se em sujeitos confiantes, corajosos como leões.


Quando passam do terceiro copo, ficam alegres, saltitantes como macacos.


E depois de muitos e muitos copos, a inteliência some e a sujeira aparece : é o sangue do porco que está fazendo efeito.


"...e o último que contou esta história ainda está com a boca quente ...! "


Espero que tenham gostado. Com carinho, Betty.

6 comentários:

Karla Brasil disse...

Adorei esse conto, muito inteligente, parabens pelo post

Rose Diniz® disse...

Oieeeeeeeeeeeeeee tudo bem? Estou com saudades por isso vim fazer uma visita e deixar bjs docinhos pra vc.

Michelle disse...

Olá!

Que conto legal!

Tem um presentinho para você no meu blog. Adoraria que você aceitasse, pois fiz com muit carinho.

Abraços, Michelle

Tia Fabíola da Pousada Sonho Meu disse...

oi minha linda....

vim te visitar e oferecer um carinho especial, pois adoro o seu cantinho!!!

Passa no meu blog e pega um mimo pra vc.... bjs 1000

krika disse...

Hum.....Que história!Muito bom!
Amiga Betty, saiba que estou espalhando para minhas colegas o endereço de seu blog.
Parabéns, recebeu mais 2 mimos....
beijos
krika

professora disse...

Simplesmente: MA RA VI LHO SO!!!