segunda-feira

Festa de Aniversário : "A Princesa e a Ervilha "

Sábado contamos esta história num aniversário, e foi uma delícia...Espero que apreciem.
" A Princesa e a Ervilha"

Era uma vez, onde foi, onde não foi , um príncipe que queria muito se casar.

Andou por vários reinos à procura de uma princesa autêntica, de sangue real verdadeiro, mas cada vez que era apresentado a uma pretendente surgia dentro dele uma desconfiança de que talvez a moça não fosse uma princesa de verdade.

Umas tinham os pés muito grandes, outras o nariz muito comprido...outras ainda pareciam que tinham as mãos ásperas e rudes, e outras um queixo muito anguloso...

Assim, depois de percorrer o mundo em busca de uma noiva sem qualquer sucesso, o príncipe voltou ao seu reino triste e desanimado.


Certa dia um vento forte começou a soprar...e foi ficando cada vez mais forte, assobiando...Logo os pingos da chuva que começara bem fraca, foram engrossando, engrossando até que uma tempestade com raios e trovões tomou forma, assustando a todos.

A chuva era intensa e duradoura, e em pouco tempo todo o reino estava alagado.

No meio disso alguém bateu às portas do palácio.

-"Abram, por favor ! Estou muito molhada e preciso que me acolham !"

Como todos os serviçais do palácio estavam ocupados na limpeza e escoamento da água da chuva, o próprio rei foi atender à porta.

Qual não foi sua surpresa quando viu diante dele uma jovem completamente encharcada , mas que dizia ser uma princesa que havia sido pega pelo temporal enquanto voltava para o seu castelo.

Convidou-a para entrar e chamou a rainha .

A rainha desconfiou da origem real da moça, pois tão molhadas e estragadas estavam suas vestes, seus cabelos empapados...A água da chuva fora tanta que lhe entrava pela biqueira dos sapatos e saía pelos calcanhares ! Mas mesmo assim recebeu a moça, ofereceu-lhe um bom banho, roupas secas, um jantar quentinho e chamou a camareira ordenando que lhe preparasse um quarto.

Como a rainha queria saber se a moça era realmente uma princesa autêntica, resolveu arquitetar um plano : instruiu a camareira que colocasse no quarto da jovem hóspede muitos e muitos colchões empilhados, e no meio deles uma pequena ervilha escondida.

Após o jantar todos se despediram e se encaminharam aos seus aposentos.

No dia seguinte a rainha perguntou à jovem como havia passado a noite, e esta lhe respondeu:

-"Ah! Muito mal ...mal pude pregar o olho. Não sei , mas pareceu-me que havia algo duro sob os colchões...estou com as costa doídas e machucadas..."

A rainha ficou muito contente, pois somente uma princesa verdadeira teria a pele tão delicada a ponto de sentir a pequena ervilha colocada entre os colchões.

O casamento do príncipe com a princesa foi celebrado com toda pompa e honra, e a festa durou uma semana ! A ervilha foi colocada no Museu Real em local de destaque, para que todos pudessem admirar.

Eles foram muito felizes e, se não morreram, vivem até hoje .

..."era uma vez a história já acabou...nosso coração ela encantou ...!"

Bjs, Betty


EM TEMPO : Feliz DIA do AMIGO A TODO/AS - como é o niver do meu filhote não consegui desejar a vocês um dia especial, espero que entendam.Ofereço a todos/as os/as blogAmigos/as que tenho conquistado neste espaço tão incrível de partilha e divulgação que é a WEB.Bjs !
Aqui estão 2 presentinhos lindos que recebi e que divido com vocês :

Da Joelma http://amigasdaedu.blogspot.com

Da Krika http://linguagemeafins.blogspot.com

Obrigada, queridas ! Com muito carinho e gratidão , Betty

8 comentários:

Vânia Morais :D disse...

q legal
bjsmm mil

Vânia Morais :D disse...

vc tem sugestão paratrabalhar a historia fest no céu?
bjsss mil

TRAKINAGEM disse...

Mesmo sem estar próximos podemos ser amigos da melhor qualidade. Feliz dia do amigo e muithos bheijinhos chearences!!!!

Perfil disse...

Olá amiga tem uma homenagem para você lá no meu blog!
bjs

BLOG FERRAMENTA PEDAGÓGICA

Letícia disse...

Olá!
Passada a dificuldade de compreensão, achei a história muito propícia para trabalhar com os meus, da PASE. Veio "a calhar" com uma dinâmica sobre sensações, que estou montando.
Vocês aceitam sugestões de histórias?

Smartkids disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Letícia disse...

Oi Betty!
Meu descanso vai ser só da tela do computador rs, rs, rs!
Já que aceitaste "minha intromissão", vou te dar duas sugestões ótimas, da aula de literatura do curso Educ. Assist. (a melhor aula de todas, até agora!). Lá vai!
"A Descoberta da Dona Joaninha". Um animal convida a Joaninha para uma festa. Joaninha se enfeita toda (lacinho na cabeça, pulseiras, brincos, colar).Indo para a festa, ela encontra um bicho (não lembro qual, eu só sei que depois tem aranha e minhoca)e o convida para a festa. o bicho argumenta que trabalhou o dia inteiro e nem teve tempo de se arrumar.Então a joaninha tira o laço e dá para o animal. E assim por diante,vai caminhando, encontrando, conversando e dando um enfeite seu. No final, todas estão na festa, enfeitadas, sendo a joaninha, sem enfeite nenhum, é a que mais se diverte porque descobriu que ajudar e estar com os amigos nos deixa felizes!
Outra dica é "O sanduíche da Maricota" (na aula tinha os componentes do sanduíche desenhados e plastificados; na medida que se colocava componentes no sanduíche, a prof. ia montando). Maricota é uma galinha que monta um sanduíche gostoso. Quando vai dar uma mordida, aparece um cachorro que diz que para o sanduíche ficar mais gostoso, tem que botar um osso. Ela põe o osso e quando vai morder, aparece outro bicho, dando outra sugestão, ela aceita vai morder e eis que aparece outro bicho... O último animal que aparece é uma rapoza e sugere colocar uma galinha no sanduíche. A galinha se dá conta, dá um berro, mandando todos embora, atirando o alimento para o alto (nesta hora o contador atira tudo). termina a história com a galinha montando seu sanduíche do jeito que queria.

Projetos e Ideias disse...

Oi, Beth... faz tempinho que eu não passava por aqui... andei meio atarefada com as coisas da escola... e hoje vim para uma visita... seu espaço continua cada vez mais rico... adoro suas publicações... contos e contos q tanto cativam os pequenos leitores!!
Abração
Géssica